Acabe com as dúvidas sobre Aromaterapia
Jornal Cidade

Óleos essenciais fazem parte do tratamento

Aromaterapia é o uso terapêutico dos óleos essenciais para prevenção e tratamento dos sintomas físicos, mentais, emocionais e energéticos.

Os óleos essenciais são:
- substâncias de origem vegetal, 100% puros, extraídos das partes aromáticas das plantas, carregando portanto sua energia vital.
- altamente concentrados, voláteis e ricas em diversos componentes químicos.
- são extraídos de diversas partes como: sementes, raízes, caules, flores, frutos, folhas e resinas.
- possuem estruturas moleculares complexas, criando inúmeras possibilidades de substâncias químicas naturais que são fundamentais na ação terapêutica.

Não use os óleos esseciais puros sobre a pele.

Os óleos essenciais penetram no organismo através da pele, do sistema olfativo e dos sistema respiratório, sendo completamente absorvido pelo organismo, sem deixar resíduos nocivos. Podem ser usados em óleos ou cremes de massagens, sabonetes, inalações, banhos de imersão, escalda-pés, compressas, aromatização de ambientes entre outros. Devido à riqueza de componentes químicos, possuem diversas propriedades terapêuticas como: analgésico, digestivo, descongestionante, diurético, relaxante, antiséptico, antidepressivo, bactericida, imunoestimulante, antiespasmódica, cicatrizante, estimulante, sedativo, desintoxicante, etc.
Os óleos essenciais possuem contraindicações! Não use-os puros sobre a pele. Procure sempre a orientação de um Aromaterapeuta especializado.

Não confunda essências e óleos essenciais. Essências são substâncias industrializadas com a finalidade de obter aroma agradável e menor custo, portanto não tem a energia vital, nem a riqueza de substâncias e propriedades terapêuticas dos óleos essenciais. Portanto o uso de essências não deve ser chamado Aromaterapia.
Na terapia Floral são usadas as essências florais que podem ser confundidas com os óleos essenciais, mas são extraídas de forma diferente, de forma mais sutil, não tem componentes químicos, apenas a energia vibracional das plantas. Auxiliam na transformação de pensamentos, sentimentos, hábitos “negativos”, prejudiciais à nossa saúde física e emocional.
Os produtos aromaterápicos e os florais podem ser usados concomitantes a outros tratamentos e não substituem o tratamento alopático.