Uruguaiana deverá ser a primeira cidade brasileira a ter free shop

  Wednesday, 30 January, 2019

Uruguaiana deverá ser a primeira cidade gêmea de fronteira brasileira a ter lojas francas. A expectativa é da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Semude). De acordo com o secretário Pedro Braccini, a previsão é que as primeiras duas lojas abram as portas no final do mês de março.

Braccini explica que se trata de duas redes de free shops internacionais, cujos processos de licenciamento para abrir as portas, no âmbito do município, estão sendo concluídos. “São empresas que já estão, inclusive, com imóveis locados no município, iniciando o processo de reforma desses imóveis. Então acreditamos que daqui pra frente será rápido e estamos confiantes que seremos a primeira cidade a contar com um free shop”, diz ele. No entanto, a identidade das empresas está sendo mantida em sugilo. “Se trata de empresas de capital aberto, então não podemos divulgar”, explica.

Seis lojas

Outra expectativa positiva da Secretaria diz respeito ao número de lojas que deverão ser instaladas no município. Além dos dois processos quase finalizados de empresas de fora, tramitam na Semude outros três processos, de empresários locais, e um quarto processo deve ter início em breve. “Embora ainda não tenha sido protocolado, a gente já tem conhecimento sobre o interesse desse empresário local, que deverá formalizar o pedido de licença em breve”, diz o Secretário.

Com isso, a expectativa é de que num curto período de tempo o município disponha de seis lojas francas para atender consumidores brasileiros e estrangeiros, num limite de US$ 300 ao mês.

Comente esta notícia Gabriela Barcellos/Jornal Cidade

clique aqui para imprimir