GAP Genética alcança liquidez e mercado nacional
Cerca de cem touros foram vendidos para o Centro Oeste em remate que se destacou por grande volume de animais vendidos

  Sunday, 23 September, 2018

Realizado neste domingo, 23 de setembro, em Uruguaiana (RS), mais precisamente na Estância São Pedro, em Uruguaiana (RS), o tradicional leilão da GAP Genética mais uma vez teve casa cheia para acompanhar o remate que é considerado um dos balizadores da temporada de primavera da pecuária gaúcha. O evento, a cargo da Trajano Silva Remates e apoio da Estância Bahia Leilões, fechou com vendas de animais das raças Angus, Brangus, Hereford e Braford e equinos da raça Crioula.

Conforme o leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, que conduziu as seis horas de vendas na parte de bovinos, a genética da GAP foi absorvida por diversas regiões do país, inclusive com a venda de cerca de cem touros das raças Brangus e Braford para a região Centro Oeste. “Acredito que este foi um leilão extraordinário considerando o volume de animais vendidos e a liquidez, não só em pista como também no preço fixo”, observa.

O grande destaque ficou por conta da venda do touro da raça Brangus GAP Doctor, comercializado pelo valor de R$ 60 mil. Nas médias, os machos tiveram destaque no Brangus, com R$ 12,35 mil, seguidos do Braford, com R$ 11,26 mil, do Angus, com 10,38 mil, e do Hereford, com R$ 9,63 mil. Já nas fêmeas, a maior média foi do Hereford, com R$ 4,77 mil, com o Brangus em R$ 4,25 mil, o Braford, com R$ 3 mil e o Angus com R$ 2,94 mil.

Comente esta notícia Nestor Tipa Júnior/AgroEffective

clique aqui para imprimir