Duplas dividem título maior do Crioulaço da raça Crioula
Categoria principal da modalidade foi vencida por laçadores de Caxias do Sul e Santana do Livramento
  Monday, 23 April, 2018

Após três dias de provas e centenas de armadas - momento em que o laço chega ao gado, foram definidos os grandes campeões da final nacional do Crioulaço em 2018, organizado pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). Diversos competidores disputaram os mais de R$ 80 mil em prêmios das 13 categorias que desfilaram suas habilidades com o laço na pista do Cavalo Crioulo do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS).

No final, a categoria Força A, que reúne profissionais do laço, teve o primeiro lugar dividido pelas duplas de Caxias do Sul (RS) Joelcio Andrade, montando Quatro de Paus da Hulha Negra, e Luan da Silva, com NZ Gatita, e de Santana do Livramento (RS), com Giliarde Tamara, montando Tarimba do Guassupi, e Jonatan Costa, com Recoluta do Guassupi.

Silva afirmou que foi uma emoção muito grande em mais uma vez ganhar o título máximo do Crioulaço, no qual disputou três vezes e ganha pela segunda vez. Valorizou a disputa ocorrida e a vitória das duas duplas. Já Costa ressaltou que o fato de estar na pista do Cavalo Crioulo e chegar na frente em uma prova tão concorrida como a final do laço da ABCCC não tem explicação. 

Para o presidente da ABCCC, Eduardo Suñe, o sucesso da prova neste ano aliado à qualidade dos animais, da organização e da pista, coroaram a consolidação do crioulaço nestes dois últimos anos. “Foi um evento de grande qualidade que muito abrilhantou a raça Crioula. Estes dois Crioulaços que fizemos na nossa gestão tiveram muito sucesso sendo os dois maiores eventos da modalidade na história”, observou.

Também foram definidos vencedores na Força B, Força C, Laço Criador A, Laço Criador B, Laço Guri, Laço Piá, Laço Irmão, Laço Pai e Filho, Laço Pai e Filha, Laço Veterano, Laço Feminino Até 12 Anos e Laço Feminino Acima de 12 Anos. Os resultados podem ser conferidos no site da ABCCC www.abccc.org.br.

Comente esta notícia Nestor Tipa Júnior/ AgroEffective

clique aqui para imprimir