O Ministério do Meio Ambiente (MMA) está com 10 cursos gratuitos na modalidade educação a distância

  Friday, 9 March, 2018

Ao todo, são 20 mil vagas em cursos com carga horária de 20 a 180 horas. Neste ano, o Departamento de Educação Ambiental reabrirá turmas de todos os cursos do portfólio de Educação a Distância do MMA, mês a mês.

As inscrições vão até o dia 10 de março e podem ser feitas no ambiente virtual. O interessado deve preencher um cadastro prévio, escolher um curso voltado ao seu perfil e em seguida se inscrever. A participação é condicionada ao número de vagas oferecidas. Além disso, as Salas Verdes, presentes nos 26 estados e no Distrito Federal têm garantia de vagas e turmas exclusivas, dentro do total oferecido.

Cursos ofertados e inscrições

Entre os cursos ofertados estão os de apoio à implementação do Programa de Educação Ambiental e Agricultura Familiar, crianças e o consumo sustentável, juventudes, participação e cuidado com aágua, entre outras mais de 10 temáticas. As inscrições podem ser feitas também na Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Bem Estar Animal, localizada na rua Domingos de Almeida 2177, alto do Mercado Público Municipal. Para mais informações entre em contado pelo telefone 3911-3027.

Desde 2012, o ministério vem desenvolvendo de seu ambiente virtual, com o objetivo na aprendizagem de conteúdo socioambiental. Com materiais pedagógicos para utilização online e off-line, a plataforma oferece formação em áreas como agricultura familiar,água, mudança do clima, unidades de conservação, igualdade de gênero, participação social e consumo sustentável.

Até o momento, já foram atendidos 100 mil usuários nos seus mais de 80 cursos ofertados, voltados para gestores ambientais, agentes sociais, jovens ambientalistas e o público em geral. “Esse alcance é considerado de extrema importância, tendo em vista que todos os conteúdos disponibilizados se tornam subsídios e aportam ferramentas para o planejamento e a gestão de programas regionais e locais de educação ambiental”, afirma a analista ambiental Ana Luísa Teixeira de Campos, do Ministério do Meio Ambiente.

Comente esta notícia Jornal Cidade

clique aqui para imprimir