Funcionários da Santa Casa estão paralisados

  Thursday, 8 March, 2018

Parte dos funcionários do Hospital Santa Casa de Caridade estão paralisados a cerca de uma semana, em protesto aos atrasos salariais. A categoria cobra o pagamento de parte dos salários referentes ao mês de dezembro/2017 e janeiro/ 2018 e o salário integral de fevereiro, além de férias de alguns funcionários. Conforme o presidente do Sindisaúde, Renato Corrêa, 60% de cada turno aderiu ao movimento.

O 1º secreatário da entidade, Rogério de Moraes, explica que a paralisação não foi organizada pelo Sindicato, mas recebe todo o apoio da diretoria.“Estamos em negociação com a Provedoria, na qual conseguimos garantir um pagamento de R$ 700 para cada funcionário. A expectativa é de resolver definitivamente a questão dos constantes atrasos. Por esta razão ainda não foi realizada assembleia geral para debater a questão. Mas os funcionários são livres para protestar, e recebem todo o apoio do Sindicato”, explica. Ele finaliza dizendo que deverá ocorrer nos próximos dias uma reunião entre a direção do sindicato e uma comissão de funcionários, a fim de deliberar sobre o tema e que uma assembleia geral deverá ser marcada para a próxima semana.

Câmara

Por iniciativa do vereador Rafael Alves (PMDB), por meio de indicação na sessão ordinária de ontem, 6/3, Sindisaúde, Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), a Provedoria da Santa Casa e a Secretaria Municipal de Saúde, foram chamadas para uma reunião na Comissão de Serviços Municipais, Saúde, Educação, Segurança Pública e Desenvolvimento Econômico do Poder Legislativo. O encontro está agendado para às 10h, na Sala das Comissões, no Palácio Borges de Medeiros.

Comente esta notícia Jornal Cidade

clique aqui para imprimir