Porto Seco de Uruguaiana bate recorde de movimentação de cargas no mês de junho
De acordo com os nmeros mais de 13 mil caminhes cruzaram a Ponte internacional no ms de junho
  Thursday, 6 July, 2017

O setor do Transporte Internacional e Comércio Exterior acumularam recorde de fluxo de cargas no Porto Seco Internacional de Uruguaiana durante o mês de Junho. Os dados oficiais foram fornecidos pela Multilog, atual operadora do Porto Seco, que registraram o cruze de 13.150 caminhões pela fronteira Uruguaiana/Paso de Los Libres, entre Importação e Exportação. O desempenho recorde é o maior numero já registrado em quatro anos, demonstrando uma retomada do setor no Estado, em especial, Uruguaiana que abriga o maior porto seco rodoviário da América do Sul.

Outro ponto positivo é a diminuição do tempo estimado de tramitação documental e de movimentação de cargas dentro do Porto Seco, resultando num desembaraço aduaneiro mais ágil. Conforme dados divulgados, dos 8.783 processos de Exportação, 79,62%, cerca de 6.993 processos, foram liberados em 2h17min, em média. No entanto, nos processos de Importação os números se invertem. Dos 4.367 processos de importação tramitados em Uruguaiana durante o mês de junho, 52,83%, cerca de 2.074 processos, levaram mais de 72h para serem liberados pelos órgãos fiscalizadores de alfândega. Confira o tempo médio Exportação e Importação:

Exportação

Nº Veíc

% Total

Média hr:mm

6.993

79,62%

2h17min

192

2,19%

7h03min

908

10,34%

15h09min

153

1,74%

20h18min

195

2,22%

34h47min

342

3,89%

130h43min

8.783

100,00%

-

Importação

Nº Veíc

% Total

Média hr:mm

666

5,73%

4h37min

315

8,02%

7h40min

19

0,48%

16h15min

396

10,09%

21h28min

897

22,85%

34h15min

2.074

52,83%

108h46min

4.367

100,00%

-

Para o Presidente do Sindicato dos Despachantes Aduaneiros do Estado do Rio Grande do Sul, Lauri Kotz, os números alcançados são animadores, porém alerta para o desafio de manter o fluxo de cargas no Porto Seco de Uruguaiana elevado, “Nunca perdemos o otimismo com relação o potencial logístico que o nosso Porto Seco tem. Acredito que os números alcançados no mês de junho podem se repetir, inclusive, serem superados nos próximos meses”, comentou o presidente.

Comente esta notícia Christian Bonilha

clique aqui para imprimir